Paraná embarga trecho de ferrovia de onde trem despencou

O IAP (Instituto Ambiental do Paraná), ligado ao governo estadual, embargou o trecho de ferrovia que liga Curitiba à Paranaguá, onde, nesta segunda-feira, três locomotivas e 45 vagões de um trem descarrilaram. Trinta e cinco vagões carregados com farelo de milho, soja e açúcar tombaram danificando toda a estrutura da ponte. O trecho ficará embargado até que as empresas assinem um termo de conduta, anunciou o presidente do IAP, Rasca Rodrigues, nesta terça-feira.

A ALL (América Latina Logística), responsável pelas ferrovias do Paraná, afirmou, por meio de nota, que as causas do acidente ocorrido nesta segunda, na ponte do Rio São João, na Serra do Mar, devem ser conhecidas em 30 dias, mas descarta qualquer possibilidade de que possa ser a má conservação dos trilhos.

Diário do Grande ABC