Palavra do presidente

O milho, cereal originário da América que conquistou o mundo após a descoberta do Novo Continente, está para o agronegócio assim como o aço está para a indústria.

É o principal grão para a produção de ração para avicultura, suinocultura, bovinocultura, aqüicultura e animais domésticos. E principalmente no segmento industrial das empresas associadas à ABIMILHO, que congrega as indústrias voltadas para o consumo humano e industrial.

No consumo humano temos um grande potencial de crescimento na alimentação brasileira, quer no uso doméstico ou na alimentação fora de casa, sob a forma de novos pratos. Também no uso industrial, onde são conhecidas mais de 150 utilizações do milho, tais como no processamento de têxteis, papéis, medicamentos, cosméticos, fluídos, bebidas e outros artigos.

Uma das principais bandeiras da Abimilho encontra-se no aumento do consumo humano de milho, uma grande oportunidade para a melhoria das condições de nutrição e de saúde da população brasileira.

Novas oportunidades criam-se ao mercado para produtores e indústrias com a liberação no Brasil, do milho geneticamente modificado, onde poderemos desenvolver com sustentabilidade produtos que atendam a todos os mercados, inclusive a exportação.


Eduardo Henrique de Oliveira e Silva,
presidente da Abimilho.